terça-feira, 20 de março de 2012

10 mitos sobre a Avoada - mito # 8

8. A Avoada é muito ocupada.


Não necessariamente. Eu só vivo correndo. 
Sabe aquele cara do escritório que fica andando pra cima e pra baixo com uma folhinha de papel, fingindo que tá trabalhando? Então, eu sou esse cara só que sem a má-fé, entende?
Estou sempre andando de um lado pro outro, com algo na mão, que nem sempre me serve naquele momento, tentando entender qual será meu próximo passo ou movimento.
Parece que estou fazendo altas elocubrações, montando várias estratégias de ação, ainda mais quando estou murmurando coisas baixinho pra mim mesma!
Se você prestar um pouquinho mais de atenção, é possível que me escute dizendo, enquanto corro pela rua:


"Hoje eu tenho terapia ou fisioterapia? Hoje é quinta, então é terapia. Preciso do meu cartão do metrô. Será que deixei ele na bolsa ou esqueci no bolso da calça que usei ontem? Poxa, eu podia ter trazido um livro pra ler hoje..."
 Parte desse frenesi também ocorre porque como estou sempre atrasada, estou sempre correndo pra compensar os minutinhos perdidos!
Quando chegava na terapia, geralmente ficava andando de um lado pro outro na sala, dando aquela sacada na janela, sentava na cadeira, mas sem me refestelar muito, esperando ansiosamente que a terapeuta me chamasse. A terapeuta tentou inúmeras vezes me convencer de que "eu já tinha chegado, poderia relaxar!". O problema é convencer minha hiperatividade. E minha necessidade de sempre estar fazendo algo novo e estimulante!

Talvez você goste de...

Tags

ABDA (4) academia (2) acordar (1) adolescência (1) agressividade (2) álcool (1) alimentação (1) android (1) anjo da guarda (1) ano novo (1) ansiedade (6) antidepressivos (2) apertar dentes (1) aplicativos (2) arte (2) asperger (1) astrid (2) atrasos (1) autismo (1) autoboicote (1) autoconhecimento (1) autosabotagem (1) banho (1) bau (2) bebida (2) benfeitoria (1) benjamin franklin (1) bispo do rosário (1) blog (3) bruxismo (1) bula (1) bullet journal (1) bulletjournal (1) casa (1) causos (1) celular (2) cérebro (4) ciclotimia (1) cocaína (1) colônia Juliano Moreira (1) como eu me sinto quando (1) comorbidades (1) contato (1) cotidiano (22) cozinha (2) crianças (1) crianças cristal (1) crianças índigo (1) crise (1) dança (2) daniel radcliff (1) dda (1) dentes (1) depressão (3) desatento (3) dgt td (1) dica (2) direito (1) disforia (1) dispraxia (1) distmia (2) distração (3) divagar (1) divaldo franco (1) dívidas (1) dor (1) dorgas (1) dormir (1) drogas (1) efeitos colaterais (3) eleições 2014 (1) escola (1) espiritismo (4) esquecimento (5) estimulantes (1) estrutura externa (3) estudos (2) evernote (1) Exercício (1) exercícios (3) facebook (1) faculdade (1) festa duro (1) foco (1) forbes (1) fórum (1) gardenal (1) gerenciamento de tempo (4) gestor de tarefas (2) google (1) grupo de ajuda (1) gtasks (1) hallowell (2) Hariel (1) harry potter (1) hiperatividade (2) hiperativo (3) hiperfoco (1) Hospício Pedro II (1) impulsividade (1) infância (1) insensata (1) insônia (3) ioga (2) Joanna de Ângelis (1) jogos (1) kátia cega (1) leitura (1) link (2) listas (3) literatura (1) livro (9) loucura (1) lumosity (3) maconha (1) Maksoud (2) mandíbula (1) mau-humor (1) medicação (11) meditação (4) meme (6) memes (1) memória (1) metilfenidato (1) métodos (5) mitos (9) mostra (1) não está sendo fácil (1) neurofeedback (1) notícia (1) o ciclo da auto-sabotagem (1) organização (6) party hard (1) paulo mattos (2) pesquisa (1) Pinel (1) poesia (1) posts (1) Produtividade (1) psicologia (1) ranger dentes (1) reiki (1) relações sociais (2) relato (1) religião (3) resenha (2) rio de janeiro (1) ritalina (7) ritalina com bobagem (1) rivotril (1) rotina (2) russel barkley (1) São Paulo (2) saúde (2) Seminário (2) site (1) sono (2) stanford (1) tarefas (2) tasks. listas (1) tda (1) tdah (18) tdah adulto (7) tdah infantil (3) tendência (1) teorias (1) teste (2) trabalho (5) tv (1) viagem (1) viagra (1) vício (1) vida financeira (1) Vídeo (5) vídeos (1) vugnon (1) yoga (2)