quarta-feira, 26 de setembro de 2012

I Mostra de Arte Insensata

Recebi no Facebook um convite pra um evento que me chamou muita atenção: I Mostra de Arte Insensata.

A proposta é a seguinte: pacientes e funcionários da rede municipal de saúde psiquiátrica do Rio de Janeiro vão expor suas criações artísticas e participar de diversos debates, oficinas, vídeos-debates, rodas de conversa e até desfile de moda, pra discutir como a loucura se imiscui na arte e como a arte de dentro das instituições de saúde também tem seu valor.

Eu diria que a arte que vem de dentro dos hospícios são as mais válidas, pois todo artista que tinha um pezinho - ou os dois - na loucura eram os mais geniais! Pollock, Dalí, Van Gogh, Bispo do Rosário, e muitos outros, todos tinham sua sanidade contestada e genialidade comprovada!

Os próprios TDAH são tido como super criativos, extatamente pela nossa habilidade de conviver e viver no caos com certa tranquilidade, método esse que permite e diria, é indispensável aos processos de criação! (to empolgada, minhanossa)

Por isso, achei que essa mostra deve ser mesmo muito interessante!

Segue aí as imagens com a programação da Mostra:



Pra mais informações, você pode consultar também a página do evento do Facebook: http://www.facebook.com/events/437470912958662/

Lembrando que essa mostra já acontece há alguns anos em BH e agora está no Rio de Janeiro pela primeira vez. Quem tiver oportunidade de ir no Rio, acho uma boa! Agora não sei dizer se tá acontecendo em BH também...

E se você não sabe quem é Bispo do Rosário, procure saber! A história dele é bem interessante!

Aqui tem um link pra última exposição que teve sobre o trabalho dele que eu tive notícia: http://www.cultura.rj.gov.br/espaco-evento/caixa-cultural-unidade-almirante-barroso/artista-do-fio

Esse cara define muito bem o limiar que existe entre a loucura e a genialidade, a compreensão do cotidiano que os considerados mais insanos podem ter e que nos surpreende, e ainda assim, sofrer preconceito e ser marginalizado pela sociedade, haja vista que ele nunca saiu do hospício que habitou por mais de 50 anos, ainda que tivesse uma compreensão do mundo mais complexa que a de muita gente caminhando por aí.

Bem, o fato de ele achar que era um enviado de Deus não ajudava muito ele, mas ainda assim, isso não elimina o trabalho dele. ;)

E vocês, que acham dessa fina linha entre a loucura e a genialidade? Acham que nós, como TDAH, também andamos muito nessa corda bamba?

Dá pra viajar dias e dias nesse assunto!!!

Talvez você goste de...

Tags

ABDA (4) academia (2) acordar (1) adolescência (1) agressividade (2) álcool (1) alimentação (1) android (1) anjo da guarda (1) ano novo (1) ansiedade (5) antidepressivos (2) apertar dentes (1) aplicativos (2) arte (2) asperger (1) astrid (2) atrasos (1) autismo (1) autoboicote (1) autoconhecimento (1) autosabotagem (1) banho (1) bau (2) bebida (2) benfeitoria (1) benjamin franklin (1) bispo do rosário (1) blog (3) bruxismo (1) bula (1) bullet journal (1) bulletjournal (1) casa (1) causos (1) celular (2) cérebro (4) ciclotimia (1) cocaína (1) colônia Juliano Moreira (1) como eu me sinto quando (1) contato (1) cotidiano (22) cozinha (2) crianças (1) crianças cristal (1) crianças índigo (1) crise (1) dança (2) daniel radcliff (1) dda (1) dentes (1) depressão (3) desatento (3) dgt td (1) dica (1) direito (1) disforia (1) dispraxia (1) distmia (2) distração (3) divagar (1) divaldo franco (1) dívidas (1) dor (1) dorgas (1) drogas (1) efeitos colaterais (3) eleições 2014 (1) escola (1) espiritismo (4) esquecimento (5) estimulantes (1) estrutura externa (3) estudos (2) evernote (1) Exercício (1) exercícios (3) facebook (1) faculdade (1) festa duro (1) foco (1) forbes (1) fórum (1) gardenal (1) gerenciamento de tempo (4) gestor de tarefas (2) google (1) grupo de ajuda (1) gtasks (1) hallowell (2) Hariel (1) harry potter (1) hiperatividade (2) hiperativo (3) hiperfoco (1) Hospício Pedro II (1) impulsividade (1) infância (1) insensata (1) insônia (3) ioga (2) Joanna de Ângelis (1) jogos (1) kátia cega (1) leitura (1) link (2) listas (3) literatura (1) livro (9) loucura (1) lumosity (3) maconha (1) Maksoud (2) mandíbula (1) mau-humor (1) medicação (11) meditação (3) meme (6) memes (1) memória (1) metilfenidato (1) métodos (5) mitos (9) mostra (1) não está sendo fácil (1) neurofeedback (1) notícia (1) o ciclo da auto-sabotagem (1) organização (6) party hard (1) paulo mattos (2) pesquisa (1) Pinel (1) poesia (1) posts (1) Produtividade (1) psicologia (1) ranger dentes (1) reiki (1) relações sociais (2) relato (1) religião (3) resenha (2) rio de janeiro (1) ritalina (7) ritalina com bobagem (1) rivotril (1) rotina (2) russel barkley (1) São Paulo (2) saúde (2) Seminário (2) site (1) sono (2) stanford (1) tarefas (2) tasks. listas (1) tda (1) tdah (18) tdah adulto (7) tdah infantil (3) tendência (1) teorias (1) teste (2) trabalho (5) tv (1) viagem (1) viagra (1) vício (1) vida financeira (1) Vídeo (5) vídeos (1) vugnon (1) yoga (2)